O Espiritismo afirma: O Inferno não existe!

Afirma Kardec: 

"O dogma da eternidade absoluta das penas (inferno e lago de fogo) é portanto incompatível com o progresso das almas, ao qual apõe uma barreira intransponível." (Céu e Inferno, Ed. Lake – 1995, pág.63). 

Kardec coloca a realidade do inferno e do juízo eterno como uma incompatibilidade, como uma barreira intransponível da realidade, como falta de bom senso e sendo uma doutrina contrária ao amor de Deus. 

Entretanto a Bíblia, que não é um livro de massagem de ego, deixa-nos claro sobre a existência do inferno – lago de fogo:

1) – O que diz as Escrituras sobre o Inferno:

Leia: Dt.32:22, Jó 26:6, Am.9:2, II Ped.2:4, Pv.27:20, II Tes.1:7-9, Ap.14:9-11, Mc.9:47-48, Mt.23:33, Lc.16:22-23, Mt.25:41-46. ...

É impossível duvidar do ensino das Escrituras e da seriedade com que Jesus falava acerca do inferno. O tom do ensino de Cristo indica fortemente que o inferno é um lugar literal. Portanto, a Bíblia ensina com muita clareza essa dura realidade que se os Espíritas continuarem a omitir poderão comprovar na prática.

2) – Os Espíritas dizem que o ensino sobre o inferno é irracional e falta de bom senso, mas a Bíblia mostra ser o contrário:

A Bíblia diz:


“Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucuras; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente” (I Cor.2:14). 

A doutrina do inferno só é irracional para o homem natural, não convertido. Daí ser fácil concluir porque os Espíritas acham o ensino sobre o inferno irracional, eles nunca nasceram de novo (Jo.3, Rm.6:4). Somente os nascidos de novo entendem a Palavra de Deus e não recusa nenhuma verdade por mais dura que seja.

Com tantos textos existentes na Bíblia a respeito de tal lugar é diabólico fugir dessa realidade por mais dura que seja. É lógico que o diabo gostaria que ninguém soubesse que tal lugar existe, assim seria mais fácil destruir os homens usando a própria justiça de Deus.

3) – A doutrina do inferno não é contrária ao amor e a misericórdia de Deus:

Todos os que falam assim deixam de reconhecer a santidade de Deus e a necessidade do pecado ser punido por causa dessa santidade. Lembremos que Deus é amor e o amor é Deus. Deus amou o mundo inteiro e quer que todos se salvem (I Tm.2:4).

Apesar de Deus querer salvar todos os homens, Ele não age contra a vontade humana – o homem é, por vontade e determinação de Deus, um ser livre para escolher, só depende dele. O inferno nem tinha sido projetado para o homem, sim para o Diabo e seus anjos (Mt.25:41), mas com a desobediência o homem acabou recebendo o mesmo destino (Mt.25:46).


O INFERNO É A CONFIRMAÇÃO DO AMOR DE DEUS CONTRA O PECADO E IMPIEDADE. DEUS É AMOR, MAS NUNCA DEIXARÁ DE SER JUSTIÇA.

4) – A doutrina do inferno e do lago de fogo não é repugnante à justiça:

Se a justiça nos fosse feita, cada um de nós receberia a condenação que merece (Jo.3:18). Merecemos a justiça, mas Deus nos concede a misericórdia pela sua graça, por causa do seu Filho Jesus (Rm.3:26). Todos devem ser salvos da mesma maneira, através dos méritos de Cristo e não de obras (Ef.2:8-9). Deus é justo e justificador daquele que tem fé em Jesus.

O Inferno é, segundo os ensinos cristalinos da Palavra de Deus, uma dura realidade que até gostaríamos de não aceitá-la, mas como não somos como os Espíritas que torcem a verdade por achá-la dura demais, nós nos curvamos diante da soberania de Deus. E pior é que, o inferno não só é uma realidade, mas um lugar de sofrimento (Judas 7), lugar de dor (Sl.116:3), lugar de tormentos (Lc.16:24,25,28), lugar de ira (Ef.2:3, Cl.3:6), lugar de condenação eterna (Mc.3:29), lugar de tormento eterno (Mt.25:41,46; Mc.9:44-46).

Pobres Espíritas estão indo para o inferno e ensinando que o inferno não existe, porém quando lá chegarem vão se deparar com a calamitosa realidade – a perdição eterna.

Fonte: Internet

7 comentários:

Anônimo disse...

Grande idiotice dizer que os espiritas estao indo para o inferno!enquanto dizemos que o inferno nao existe vcs julgam como se fossem o proprio DEUS quem está fazendo o errado sao vcs!Julgando!se de fato existir inferno encontro com vcs lá!hipocritas!

NT disse...

estão indo para o inferno. Quando digo isso afirmo devido circunstancias, não julgo somente afirmo pelas circunstancias.
E a proposito, o inferno não existe, pois o mesmo será criado, quando morremos quem vai subir no dia do julgamento vai para o Seio De Abraão, e quem vai descer vai para Ades

Anônimo disse...

Pelo pouco que conheço da doutrina espírita, o inferno "espírita" existe, pois o espírito, em seu estado errante (desencarnado) sofre o julgamento de sua consciência, os erros cometidos e a falta de progresso e quanto distante está das leis divinas e de Deus.
Entretanto, tanto desencarnado quanto encarnado, o Homem possui livre-arbítrio, podendo aprender, arrempeder-se e aspirar por novas realizações, novas provas e encarnações.
Assim, o inferno "espírita" torna-se mais brando, sendo da intensidade da consciência culposa e não arrempedida, mais breve, pois o progresso é inerente ao ser humano.
Dada a Lei de Deus, só resta ao homem cumpri-lá. Alguns demorarão mais, mas a evolução não cessa.

Studio Belas Artes disse...

\é um absurdo, dizer que o inferno é a confirmação do amor de Deus,

Se isso for amor Manda seus filho pra lá .

Giordana Lima disse...

Estudo muito esclarecedor! Que Deus possa Abençoar e fortalecer á toda a equipe do Desafio Cristão..

Silvio Kniess Mates disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andre Luis disse...

A doutrina do inferno de penas eternas é utilizada como forma de dominação de massa, através de uma elite global, com objetivos obscuros. É sabido que a palavra de Deus foi manipulada durante muito tempo, para embutir medo nas pessoas e povoar, assim o inferno, segundo a visão espírita. Uma mente doente cria seu proprio inferno, de acordo com os "pecados" feitos na Terra. Deus, em sua infinita misericórdia, não condena nenhuma das visões e sim convida todas as religiões que acreditam no Deus único e em Cristo, como seu salvador, a se unirem contra as verdadeiras forças do mal. O mal está ai, e utiliza de nossos preconceitos e diferentes interpretações da palavra como instrumento de suas vitórias atuais. Cabe a nós, Cristãos, convivermos em amor com essas diferentes interpretações e buscar a forma de amadurecer nossos valores morais no exemplo de Cristo, afim de trazer a paz a todos nesse mundo. Pois, se queremos ser salvos, é necessário nos reconhecer como irmãos nessa busca pela extinção dos nossos pecados...Não julgar e sim nos ajudarmos mutuamente

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog